TIPOS DE VODKAS E SUAS HARMONIZAÇÕES

 

Aprenda a conhecer algumas características que distinguem as vodkas e determinam seu estilo, segundo sua origem e assim identificar qual é mais a sua cara.
A vodka é uma popular bebida destilada, incolor, quase sem sabor e com um teor alcoólico entre 35 e 60%. A vodka é a bebida nacional da Rússia. O nome vodka é o diminutivo de água ("aguinha") em várias línguas eslavas, contudo não se tem certeza da origem etimológica, que poderia ser apenas uma coincidência. De toda forma, os estudos mais recentes apontam que a palavra wodka (gorzalka, originalmente) foi primeiramente utilizada em textos poloneses, sendo o mais antigo datado de 1643.

Existem vários tipos de vodkas, sendo classificados basicamente como:

Ocidental
As vodkas europeias e americanas são caracterizadas por sua pureza e claridade. Possuem aroma neutro e um sabor de álcool limpo. Isto combinado ŕ suavidade. As técnicas de produção levaram a uma vodka com mínimas quantidades de resíduos aromáticos e de sabor.
Ex: Ciroc, Sky 90, Grey Groose e Smirnoff Black.

Polonęs
As vodkas polonesas primam pela pureza. Por outro lado, elas possuem sabor mais acentuado e mais aroma do que as vodkas ocidentais. Tęm um discreto aroma adocicado e um paladar suave, sendo que o sabor adocicado demora a desaparecer. Săo discretamente mais oleosas.
Ex: Pravda, Ultimat

Russas
As vodkas russas săo muito suaves e năo tęm sabor adocicado como as polonesas. Deixam uma sensaçăo de queimaçăo, particularmente devido ŕ presença de mínimas quantidades de fusel oils, termo utilizado para designar uma série de compostos indesejáveis que geralmente săo removidos na purificaçăo. Estes compostos săo gordurosos e dăo ŕ vodka um paladar levemente oleoso e suave. A vodka russa tem um sabor marcante e agradável, sem a mesma suavidade da vodka polonesa.
Ex: Imperia, Stolichnaya Elit


REGIÕES PRODUTORAS DE VODKA

Rússia / Ucrânia / Bielorússia
Produzem praticamente todos os tipos de vodka e são reconhecidos como os líderes mundiais na produção. Só as melhores marcas, destiladas a partir do centeio ou do trigo são exportadas..

Polônia
Produz e exporta vodkas produzidas a partir de grãos (trigo) e batatas.
Finlândia e Países do Báltico (Estônia e Lituânia)
Produzem vodkas de boa qualidade a partir de grãos, a maioria trigo..

Suécia
Desenvolveu nas últimas décadas um mercado exportador, baseado na produção de vodkas puras e aromatizadas a partir do trigo.

Europa Ocidental
Vários países atualmente produzem suas vodkas. Os países mais ao norte como Inglaterra, Holanda e Alemanha utilizam os grãos como matéria prima, enquanto na França e na Itália, regiões com vinicultura desenvolvida, a vodka é produzida a partir da uva.

Estados Unidos e Canadá
Produzem vodkas puras a partir de grande variedade de grãos, inclusive o milho, além do melaço. As vodkas americanas são, por lei, destilados neutros e, portanto, as diferenças entre as marcas são notadas mais por conta dos preços do que do sabor.

Caribe
Os países do Caribe produzem várias vodkas, praticamente todas a partir do melaço. A maior parte da produção é exportada para engarrafamento em outros países.

Austrália
Produz vodka para consumo local a partir do melaço.

Ásia
Sem tradição na produção de vodka, seus países têm pequenas produções locais, sendo as melhores provenientes do Japão.

Brasil
Desenvolveu uma indústria moderna para produção de vodka em função do crescente aumento do consumo. São encontradas várias marcas no mercado, com vodkas de diferentes qualidades, produzidas a partir de grãos (milho e soja) e melaço.

 

SABOR E QUALIDADE DA VODKA

Ingredientes, destilação e filtração são os três elementos que determinam a qualidade, o preço e o sabor da vodka.
Baseado no tipo e qualidade dos ingredientes, a suavidade é melhor ou pior. Milho, batata, melaço, cevada, centeio e trigo são os ingredientes habitualmente utilizados para a produção da vodka.
Vodkas produzidas a partir do milho tendem a apresentar um sabor neutro. Aquelas produzidas a partir do trigo têm característica mais suave, são mais macias; enquanto as vodkas produzidas com outros ingredientes carregam um pouco das essências de frutas que contêm.

Qualidade

Boa

Superior

Premium

Ultra Premium

Ingredientes

Milho, Sorgo, Fontes baratas de amido.

Milho, Sorgo, Fontes baratas de amido.

Um único ingrediente de melhor qualidade como batata, trigo ou centeio.

Um único ingrediente de melhor qualidade como batata, trigo ou centeio.

Destilação

2 a 3 colunas

2 a 3 colunas

2 a 4 colunas

2 a 6 colunas

Filtração

Nenhuma

Filtro de carvão simples

Filtro de carvão ativado

Mecanismos complexos de filtração

Sabor

Picante (queimação)

Um pouco picante, sem característica individual.

Menos picante a mais suave, com característica individual.

Muito suave, com característica individual pronunciada.

 

A boa destilação se baseia na capacidade de manter as partes do destilado com sabor e descartar as impurezas. As destilarias possuem seus segredos para alcançar o equilíbrio entre pureza e sabor.
Destiladores contínuos são os mais usados pelas destilarias por oferecerem melhor controle de temperatura e obtenção do melhor nível de pureza e sabor. Em geral, quanto maior o número de colunas maior a pureza e, por conseguinte, maior o preço.
Uma sensação de ardido do centeio, um discreto adocicado do trigo ou a sensação de frutas. Estes são os segredos da vodka.

 

VODKA PURA, AROMATIZADA OU BLACK

Vodka Pura: Vodka neutra, como a conhecemos hoje, é o resultado de séculos de experiências, aperfeiçoamento de fórmulas, desenvolvimento de técnicas de purificação que estão intrinsecamente relacionadas com as características regionais, o clima, a história, os costumes, os hábitos alimentares e a cultura dos povos que a desenvolveram. Conforme palavras do historiador russo W. V. Pokhlióbkin, "Não tem a menor pretensão de ser atraente, de agradar. Não tem gosto nem cheiro particular – é neutra, incolor. Sua classe está na sensação de pureza que lava de vez todos os sedimentos e em seu poder de penetração que atinge a garganta, a cabeça e vai direto ao coração. É uma bebida para pessoas de vontade forte.

Vodka Aromatizada: Já a aromatização, originalmente usada para ocultar sabores desagradáveis, desenvolveu um outro tipo de vodka, tão apreciada quanto as neutras sem no entanto perder a identidade, ou seja, vodkas aromatizadas são simplesmente uma variedade de vodka, tão legítimas quanto as neutras. Existe uma grande variedade de aromatizações, que vão desde frutas como pêra, limão, framboesa, de ervas e especiarias, como o lúpulo, e até de outros sabores menos comuns, como pimenta. Uma das mais famosas vodkas aromatizadas é a polonesa Zubrówka, que contém em cada garrafa um galho de uma planta que é o alimento favorito do bisão europeu.
As vodkas mais respeitadas têm como matéria prima principal o centeio, mas podem ser destiladas a partir de diversas outras bases, como a batata, a beterraba e até o melaço de açúcar.

Vodka Black: Bem, alguém um dia iria criá-la. E foi um inglês, chamado Mark Dorman, que trabalhava na Califórnia (EUA) quando certo dia nos idos de 1996 estava num bar onde havia uma grande variedade de marcas de vodka. Ao perguntarem-lhe se gostaria que seu café fosse servido "preto", ocorreu-lhe então a brilhante (e lucrativa) ideia de que poderia criar uma vodka escura. Esta é a lenda oficial. A cor escura da Blavod, que é a marca desta vodka fabricada na Inglaterra, é possível pela adição de uma erva medicinal chamada catechu. Esta erva é encontrada no centro e ao sul da Ásia e à leste da África. Rica em tanino, não deixa sabor, apenas deixa-a um pouco mais "lisa", segundo a opinião de alguns. Naturalmente, já que se trata de uma vodka, oferece um leque de opções para a criação e, principalmente, a reinvenção de vários coquetéis.

 

HARMONIZAÇÕES COM VODKA

 

Pode parecer estranho, para nós brasileiros, pensar em algum tipo de combinação alimentar para a vodka, afinal estamos mais acostumados a vê-la principalmente como ingrediente para caiporoska (ou caipivodka) e eventualmente bebida pura, como aperitivo. Mas típicos pratos da culinária eslava são ótimos acompanhamentos para esta bebida.
Comidas picantes, defumadas e gordurosas, como zakúski de carne ou zakúski de peixe, típicos pratos russos feitos de carne de porco e peixe, respectivamente. Ou ainda o famoso caviar de esturjăo, caviar de salmăo vermelho, salmăo fresco ou defumado.
Bem, talvez estas combinações todas possam parecer um tanto exóticas e até fora do alcance para nós do lado de cá dos trópicos. Sendo assim, nos restam as misturas e coquetéis que, apesar de causarem arrepios nos puristas russos, săo também ótimas oportunidades de se apreciar a vodka.


 

 

 

 

Belmiro Comercio de Bebidas e Alimentos LTDA - CNPJ: 16.863.387/0001-40 © Todos os direitos reservados. 2016

Blog Desenvolvido por: Equipe Belmiro Bebidas Company